sábado, 6 de setembro de 2014

#1341



Aquilo que me sossegas não tem explicação. O modo como a tua presença me deixa confiante, é uma coisa estranha. A maneira - tão oposta - como consegues acalmar-me e desassossegar-me ao mesmo tempo. A forma como me manténs o sorriso na cara que perdura pelo dia, renasce-me. Descansa-me. Sossega-me e faz-me apetecer afundar no teu abraço.

Só tu transformas um dia cinzento em sol. Só tu me acalmas e serenas. Só tu sabes fazer os meus olhos sorrir. Só por estares me dás paz. Só por seres.

Só tu. E mais ninguém.

3 comentários:

CGuerra disse...

Único....mas com poucas qualidades....Beijo

CGuerra disse...

Único....mas com poucas qualidades....Beijo

Paula Nogueira Guerra disse...

tretas!